Sejam todos bem vindos! Espero que gostem, e voltem sempre por aqui! :D
RSS

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Nascer, morrer, essas coisas...

No natal eu fico pensando mais nessas coisas, já disse no post anterior! Talvez, pelo espírito natalino, ou pela sensação dessa época do ano, sei lá... Só sei que a vida é cheia de surpresas, mas as duas maiores delas a gente já sabe quais são!
Nascer é, com certeza é a segunda maior roubada
que uma pessoa tem que encarar na vida.
Você tá lá de boa, no quentinho, sossegado, boiando, não faz absolutamente nada, e não sente culpa nenhuma já que não sabe que existem coisas a serem feitas. Tem um tubo ligado a você que leva nutrientes e oxigenio da sua mãe, ou seja, você não tem nem que respirar! É uma folga!
Nos últimos meses da gestação, você já ouve. Aí vira o paraíso: Se a sua mãe
escuta música, você fica na piscina aquecida, comida de graça e sonzinho ambiente, quer mais o que? haha
Mas aí, de repente, alguma coisa esquisita acontece! Destamparam o ralo da piscina? Furou a parede da piscininha de plástico (hahaha)? Você não entende nada, mas sabe que coisa boa não é.
A passagem é estreita (é, depende do caso! haha, tá, parei de piadinhas infames), você sai e bate uma luz que te cega, um frio congelante, não consegue nem abrir o olho porque dói. Aí você se da por si, e está pelado no meio de um monte de desonhecido, você não entende nada, não sente nada, mas por instinto sente um medo terrível. QUE ROUBADA!

Mas quando tudo parecia perdido, você descobre outra coisa boa: o COLO, uma coisa quentinha, cheirosa, confortável, muito bom. Aí já está pensando: "bem, não é o útero, mas também não posso reclamar até agora!".
Você cresce um pouquinho e começa a comer sozinho, e que tub
o no utero o que. Bom mesmo é colocar a comida na boca, e o melhor, a diversidade! Aí engatinha, vai "onde bem entender sozinho", engatinha 1 metro e acha que é livre para sair por ai quando quiser!
E dali em diante, começa a encarar uma coisa chamada VIDA, com ursinhos de pelúcias, bicicletas, bonecas, celulares, vestibulares, amor, tédio, raiva, e muitos outros ingredientes que essa tal de VIDA nos proporciona.

Isso até o dia, que ninguém sabe quando, em que se deparar com a primeira maior roubada da vida de uma pessoa. A morte. Você vai se sentir do mesmo jeito, vai pensar "Como podem me tirar assim desse mundo? Eu não quero ir embora daqui agora!" . Só espero que também exista um lado de lá, com colos aconchegantes, e um lugar que a gente se sinta querido, de boa, sossegado, sem nada pra se preocupar! :)


Ah, mudei o layout do blog *de novo*, espero que gostem, eu acho que melhorou o probleminha que tava dando pra comentar, qualquer coisa me falem que eu tento arrumar. Ah, e claro ... não podia me esquecer de desejar novamente a todos vocês um ÓTIMO NATAL, repleto de felicidade, harmonia e saude! HO HO HO ... !

27 comentários:

Andre Martin disse...

hehehe
Esqueceu de lembrar que a respiração muda ao nascer... De repente, um ar nunca dantes respirado invade seu pulmão e tem que aprender de um instante pra outro a respirar desse jeito

Roubadas? hahaha
Engraçado a segunda vir antes da primeira.
Mas não liga não: no dicionário a morte também aparece antes da vida! rsrs

PS: Fica aparecendendo um box pedindo usuário e senha pra "API Twitter"... Não me parece normal isto.

! Marcelo Cândido ! disse...

Nascer
Crescer
Reproduzir
Morrer
A ordem natural das coisas
Também
Mas não
Pois o crescimento de verdade pode custar anos e mais anos
!!!
Feliz natal e juízo(um pouco só) em 2010
hehe

Sarah' disse...

Ê que texto gostoso ein !
mas são lances da vida, viver, morrer ..
acho que viver é realidade e morrer é dádiva..

gostei muito do layout tambem , bjs'

Cá, disse...

Que blog lindooooooooo!!!

Adorei!

Beijocas!

Dani disse...

oi
já que sabemos como será o nosso "fim" e o início de tudo já passou, vamos tentar aproveitar o meio disso né rs

até!

Charlie B. disse...

Tão engraçado com as 'piadas infames' adorei ler.
Humor é ótimo.
Eu nasci, cresci, estou na fase de reprodução agora, OUTRA ROUBADA!

uahuahua

Charlie B.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Poxa, eu estava lá quieto e boiando... droga essa coisa de ter que nascer! hahahaha

Já que nasci, estou vivendo... hahaha

até mais.

Jota Cê

Bella disse...

nossa, eu tava querendo comentar aqui a um booom tempo !! que bom que vc ajeito o probleminha.. hahah
seus posts são super legais !! :D
beijoos

Carolda disse...

Nascer e morrer... duas coisas invitáveis. E mais tudo o que está aí no meio. É realmente bonito viver. E morrer não me assusta. Não mesmo.
Um beijo

Marine Crist disse...

Pô, aí, achei muito fofo esse seu post...
Aliás, gosto de tudo o que vc escreve...
Bjocas.

Bill Falcão disse...

A primeira parte deve ser ótima, né, Má? Digo "deve", porque não lembro de nada, só acredito no que você descreveu hehehe!!!
Já a última (e derradeira) parte, ainda precisamos esperar um pouquinho pra descobrir, né?
Bjoooooooo!!!!!!!!!!

Insights disse...

aaamei seu blog guria. To te seguindo! beijos ;* Sucesso!

ellen disse...

Venho lhe desejar continuação de BOAS FESTAS e um FELIZ ANO NOVO 2010!
Tudo de bom para si e muita saúde também... ela é um bem precioso para ajudar à felicidade!

Beijinho até si

CooKie disse...

é a vida néh?
:\
mas as vezes eu não gosto de pensar na parte da morte, porque a gente nunca vai saber o que nos espera depois dela...
eu gosta mais de pensar na vida, isso sim é uma ocisa melhor! com certeza!

¤*Daia*¤ disse...

Ah, mas se a gente não nasce, não tem como viver tudo o que vem pela frente! Hahaha! Tantas coisas que a gente aprende, tantas coisas que a gente vê, que a gente faz... a vida é bela! =)

Feliz Ano Novo!

Fraan Farias disse...

Pois é, nós duas voltamos *o*
ameeei o layout novo, as coisas mudaram por aqui desde a ultima vez que comentei (mas mudaram para melhor)

Eu gostei do texto, principalmente porque voce trata da vida e da morte como 'roubadas'. Ficou perfeito, sério.

Beijinho, Má. E feliz ano novo :*

'-Kelly Viana' disse...

Feliz Ano Novo..
nunca tive a sensação de voltar..
mas a vida é algo complicado
e a mote é algo que dá medo.
bjOo!

Rafael disse...

É, o que você falou é bem verdade! AahuAHuha
Feliz 2010
Bjsss

Dina =) disse...

Fez um belo e bem humorado destaque de partes da nossa vida!
Adorei mesmo!
hehe
Beijos!

Valentina disse...

Pode ter certeza que existe, diz a palavra de Deus que Jesus está a nos preparar um banquete e onde moraremos eternamente nao haverá mais pranto.
Mas apenas para os que crêem..
bJS

Camila Locatelli disse...

Oi joia!
Havia sumido daqui,rs!
Com certeza, nós eramos felizes e não sabiamos, quando viviamos junto com nossas mães e a maior roubada da vida na verdade é morrer, só de pensar nisso, ja fico meio triste.

Juju disse...

Nascer e morrer são coisas inevitáveis e o mais natural possível.

Ótimo 2010!

Beijujubas

Jonas Alves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jonas Alves disse...

Nossa..otimo post
ciclo da vida..é algo muito mais muito ha se pensar..morte a unica certeza!

Dani..quero te convidar pra fazer parte da nova equipe precisando de gente nova e criativa pra fazer o blog decolar...

topa?

jonasrockhard@hotmail.com

passa la pra conhecer...
http://www.contemporaneoeindiscreto.blogspot.com/

balzac disse...

bom, já que nasci [juro que não pedi isso de natal!] prometo viver de tal forma que eu não morra por assassinato. amém.

adorei o post. beijo

Banquete dos Mendigos
http://banquetedosmendigos.blogspot.com/

jeniffer igidio pinheiro disse...

adoreu blog!!!
bjjjs

jeniffer igidio pinheiro disse...

e nãO precisa mudar nada

Postar um comentário